outubro 29, 2008

As 11 montanhas mais perigosas do mundo




Montanhismo

No montanhismo (popularmente conhecido como alpinismo) toda montanha constitui um novo desafio, mas existem montanhas com características especiais que provocam calafrios até entre os mais experientes.

No livro ” No ar rarefeito “, Jon Krakauer dá uma descrição da desastrosa temporada de 1996, quando muitos acidentes fatais aconteceram.O autor, um dos sobreviventes, relata que em certas altitudes qualquer pequeno acidente pode tornar-se uma tragédia, pois a dificuldade de acesso torna quase impossível qualquer tentativa de resgate.

Mesmo assim, todos os anos, bravos alpinistas arriscam-se em desafiar as grandes montanhas do mundo em busca da realização de um sonho que leva muitos anos de treinamento.

Não sou alpinista, mas o espírito de aventura e de superação inerentes ao esporte, me agradam bastante e é com grande prazer que apresento a vocês as 11 montanhas mais perigosas do mundo.

Annapurna ( 8.091 metros ) – Nepal

Montanha Annapurna

Foto por : jmhullot

Esta montanha faz parte da cadeia de montanhas do Himalaia, e desde a primeira tentativa, em 1950, Annapurna foi escalada por mais de 130 pessoas, mais 53 morreram tentando.Esta alta taixa de mortalidade faz de Annapurna, a décima montanha mais alta do mundo, estatisticamente a mais perigosa entre as montanhas com mais de 8 mil metros.


K2 ( 8.611 metros ) – China / Paquistão

Montanha K2

Imagem

Também no Himalaia, a segunda maior montanha do mundo, é conhecida entre os montanhistas como uma das mais técnicamente difícies do mundo. Mesmo pela rota mais fácil a escalada requer a travessia de um glaciar, a ascensão por íngrimes paredes de rocha e a escolha do caminho certo entre uma série de pilares de gelo chamados seracs, que podem romper-se a qualquer momento sem aviso.

Até agosto de 2008, apenas 305 pessoas haviam conseguido completar a subida ao cume e 76 morreram na tentativa.O ano mais trágico na K2 foi 1986, com 13 mortes.

Nanga Parbat ( 8.126 metros ) – Paquistão

Montanha Nangaparbat

Foto por: dreamX

Também pertencente ao Himalaia, a nona montanha mais alta do mundo, compete com a K2 em dificuldade.

Pelo lado sul, existe um imenso paredão chamado Rupal Face, conhecido como o mais alto do mundo, pois ergue-se de sua base a 4600 metros.Já pelo lado norte, a escalada é complexa e pode-se atingir 7.000 metros de altura em apenas 27 km, num dos dez maiores ganhos de elevação em curta distância do mundo.

Em julho deste ano o experiente alpinista italiano, Karl Unterkircher caiu numa fenda tentando traçar uma nova rota até o topo.Unterkircher morreu e os outros dois membros da equipe, Walter Nones e Simon Kehrer, foram resgatados depois de muitos esforços da equipe de resgate paquistanesa.

Pela dificuldade de suas rotas a montanha ganhou o apelido de “The Man Eater” ou, “A Devoradora de Homens”.

Kangchenjunga ( 8.586 metros ) – Índia / Nepal

Montanha Kangchenjunga

Foto por: Aaron Ostrovsky

Quando observamos as taxas de mortalidade nas grandes motanhas do mundo, notamos um declínio com o passar dos anos.Mas, Kangchenjunga é uma excessão, na terceira montanha mais alta do mundo os números de morte aumentaram 22% nos últimos anos, reflexo das avalanches e do clima imprevisível que assolam essa montanha.

Eiger ( 3.970 metros ) – Suíça

Montanha The Eiger

Foto por: Christian Grunert

A face norte (nordwand) deste pico nos Alpes suíços é lendária entre os montanhistas pelo seu perigo.

Apesar de ter sido escalada pela primeira vez em 1938, a face norte continua a desafiar os mais hábeis alpinistas devido as suas dificuldades técnicas.

Desde 1935, sessenta alpinistas morreram tentando escalar a famigerada face norte, que ganhou o apelido em alemão de “Mordwand” ou “Parede Assassina”.

Matterhorn ( 4.478 metros ) – Itália / Suíça

Montanha the matterhorn

Foto por: Ron Layters

A última das grandes montanhas dos Alpes a ser conquistada tem uma alta taxa de fatalidade.

Isso é causado por uma série de fatores que incluem dificuldades técnicas, avalanches e a elevada quantidade de montanhistas que enchem todas as rotas durante a estação das escaladas.


Maciço de Vinson ( 4.892 metros ) – Antártica

montanha Vinsonmontain

Foto por: Se7en Sumits

A mais alta montanha do continente gelado não é notável pela dificuldade, nem pela sua taxa de mortes.

O que faz a diferença aqui é o isolamento, o frio extremo e o clima imprevisível do continente por isso, escalar o Monte Vinson é uma empreitada que envolve riscos muito sérios.

A temperatura alcança facilmente os 40ºC negativos e pode ficar ainda mais baixa quando fortes ventos varrem a região.

Baintha Brakk ( 7.285 metros ) – Paquistão

montanha baintha brakk

Fotografia por: Dave Hancock

Conhecida como “O Ogro” essa é uma das mais difíceis montanhas do mundo para os montanhistas.

Depois de duas tentativas infrutíferas em 1971 e 1976, finalmente em 1977, o pico foi alcançado por dois britânicos, Doug Scott e Chris Bonington.Durante a descida, Scott quebrou as duas pernas e Bonington duas costelas e contraiu pneumonia mas, mesmo assim, conseguiram atravessar uma grande tempestade e retornar ao acampamento base onde foram socorridos.

A dificuldade é tanta que, somente 24 anos depois, em julho de 2001, o cume foi alcançado pela segunda vez por Urs Stöcker, Iwan Wolf, e Thomas Huber.Durante esse período vinte expedições falharam e a montanha ganhou a reputação de ser a mais perigosa do mundo.

Monte Everest ( 8.848 metros ) – Nepal / Tibete / China

Foto do Monte Everest

Foto por: Joe Hastings

Além da altitude extrema, o que torna a escalada do Everest um objetivo perigoso é a sua fama.

Por ser a montanha mais alta do mundo, o Everest atrai alpinistas dos mais diversos níveis e até mesmo turistas em busca de aventuras, aumentando bastante o risco de acidentes fatais.

Duzentas e dez pessoas já morreram tentando escalar o Everest, incluindo as oito que morreram numa tempestade durante a desastrosa temporada de 1996 narrada no livro “No ar rarefeito” (recomendo).


Denali ( 6.193 metros ) – Estados Unidos

Montanha Denali

Foto por: Unhindered by Talent

Esta é a maior montanha da América do Norte.

Apesar de sua altitude estar na faixa dos 6.000 metros, a proximidade com o Pólo Norte contribui para deixar a atmosfera no Denali muito mais rarefeita.

Para muitas pessoas que tentam conquistar o Denali a cada ano, os maiores obstáculos são a altitude, o frio intenso e o clima.

Por esses motivos, a taxa de escaladas bem sucedidas fica em torno de 50% e mais de 100 montanhistas já morreram tentando chegar ao topo.

Fitz Roy ( 3.375 metros) Argentina / Chile

Montanha Fitz Roy ou Cerro Chaltén

Foto por: longhorndave

O Monte Fitz Roy ou Cerro Chaltén é a mais alta montanha do Parque Nacional dos glaciares da Patagônia.

Embora sua altitude seja modesta quando comparada as grandes montanhas do mundo, ela é tida como o maior de todos os desafios por muitos montanhistas, pois suas paredes verticais contituem uma dificuldade extrema e requerem técnica apuradíssima para quem tenta escalá-la.

Para se ter uma idéia da dificuldade do desafio, hoje, uma centena de podem escalar o Everest num único dia, Cerro Chaltén pode ser escalado apenas uma única vez a cada ano.

Fonte de pesquisa: Link1, link2 e Flickr

17 comments on “As 11 montanhas mais perigosas do mundo

  1. João d'Olivença on said:

    :clap: Interessantíssimo!!!

  2. marcos paiva on said:

    :clap: parabéns pela exelente matéria, fatos interessantes e fotos lindas

    • Obrigado pela visita, receber elogio é sempre muito gostoso, faz a gente querer caprichar em nossos artigos cada vez mais.
      Abraço

  3. Obrigado pela visita! A natureza é realmente espetacular! O espírito aventureiro no ser humano é algo surpreendente!
    Abraço

  4. Muito interessante a matéria sobre montanhas. Não sou adepto do alpinismo, mas admiro muito. Obrigado pelo post.

  5. são belissimas. mostram que nem tudo sta perdido. Ainda há salvação para o planeta

  6. Evandro on said:

    maravilhoso gostei muito das fotos!

  7. Olá, queria saber sobre a montanha face de deus. vc sb a respeito dela?sds

  8. feeernanda on said:

    olá , obrigada pela matéria , ajudoou na minha tarefa de casa ;)
    Te devo uma ( mintira );)

  9. walter carlos de sousa on said:

    nao entendo nada de montanhas,apenas serras pois sou carreteiro,mas me dis ema coisa,cade o aconcagua?vou arumar um serviso de carreteiro que faça a linha do chile,vi umas fotos de la e me apaixonei abraços

  10. julia da Silva Marques on said:

    a primeira foto parece ser a mais perigosa mas todas sao lindas como o monte everest

  11. Gabriel on said:

    Krika,

    Ótimas imagens e informações! Parabéns.
    Abraços

  12. Alvinho on said:

    Simplesmente maravilhosas estas informações! Eu não conhecia estes fatos, e quem forneceu, contribuiu muito pra mim. e também para aqueles que gostam de se atualizar com os acontecimentos reais de escaladas alcanças e mal sucedidas. É mesmo uma perigosa e desafiante aventura para aqueles quem tem o espírito de buscar metas e idealizações pessoais para formar e completar o seu ego e personalidade esportiva, mesmo correndo risco de vida para tal iniciativa. Parabéns eu gostei muito…Alvinho

  13. wilmar gomes silva on said:

    DEIXEM AS MONTANHAS EM PAZZZZZZZZZ!!!!!!!

  14. JOSÉ MARTINS PEREIRA DE JESUS on said:

    AS COISAS DA NATURESA NÃO É PRA SEREM EXPLORADAS DE MANEIRAS PRETENCIOSAS. AS MONTANHAS TEM QUE SEREM RESPEITADAS OS SEUS LIMITES, UMA VEZ QUE, QUEM TENTA VENSÊ-LAS SEUS LIMITES POEM EM RISCO SUAS VIDAS.

  15. Julia on said:

    valeeu, me ajudoou na lição de casa, não achei sobre montanhas em lugar nenhum…so aqui…seu site é 10000

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>